+2

Desenvolvimento web - 9 passos fundamentais

criado por André Sam! em 27/01/2005 2:37pm
2.) PLANEJAMENTO

Assumindo que sua proposta foi aprovada, entra-se então na segunda fase que é a fase mais importante de todo o trabalho: o planejamento do mesmo.
O desenvolvimento de um site não está limitado somente ao conhecimento das tecnologias utilizadas para esse fim; estende-se ao infinito e requer do desenvolvedor uma estrutura psicológica sadia e um raciocínio rápido para que ele possa acompanhar o desempenho evolutivo da web. É muito comum companheiros de trabalho nos comunicarem reclamações a respeito de clientes que desaprovaram seus projetos. Essa desaprovação é gerada pela falta de um prévio estudo do site a ser desenvolvido; pega-se logo de cara os programas e editores e põe a mão à obra sem ter feito antes um planejamento, e principalmente: ter tido este planejamento “aprovado por seu cliente”.

A partir do instante em que sua proposta foi aprovada e que você fechou o contrato de desenvolvimento, você é OBRIGADO a manter seu cliente sempre a par do que está sendo elaborado para o projeto dele, modificando tudo o que não seja aprovado pelo mesmo. Isso porém não equivale a dizer que a sua visão não é válida para o projeto: muito pelo contrário, é a visão principal sobre o mesmo, pois que encontra-se sob sua responsabilidade seu sucesso ou insucesso, mas deve ser imantada pela visão e interesse de seu cliente.

Um exemplo: digamos que sua visão do projeto seja da cor azul, e a de seu cliente seja da cor amarela: a cor do projeto será verde, ou seja, união da cor azul com a amarela proporcionando outra. Quando falamos de cores aqui, estamos fazendo delas uma figuração sobre pontos de vista.

Por isso mesmo, antes de iniciarmos qualquer projeto em definitivo, devemos absorvê-lo, ou seja, meditar sobre ele, analisá-lo, compreendê-lo, permitindo que nossa inteligência responda-nos quais serãos os caminhos que deverão ser seguidos para oferecermos resultados ao nosso cliente através do site. Se você trabalha em equipe, antes de qualquer ação prática, faça uma pequena reunião para discutirem e porem no papel quais serão as principais características, necessidades e dinamismo deste projeto. Pode-se fazer as seguintes perguntas:

- Qual é a área de atuação de meu cliente?
- Que layout deverei utilizar para passar a imagem dessa área de atuação?
- Qual é o seu público alvo?
- Qual é a conexão ( discada ou b.larga ) mais utilizada por esse público alvo?

Respondidas essas perguntas, você já poderá dar os primeiros passos na criação do site, pois agora você já possui conteúdo para o mesmo. Mas o planejamento ainda não encerra aí:

Você precisa agora “imaginar” o site, ou seja, criá-lo antes em sua imaginação, procurando assim o melhor método para desenvovê-lo. Pode-se fazer as seguintes perguntas:

- Quais setores deverei criar?
- Como devo organizar o layout para receber esses setores?
- Onde poderei utilizar includes?
- Como criar o layout para alterações simplificadas no futuro?

Respondidas essas perguntas, você passa a ter em mãos e em mente 90% de informações lógicas que você precisa para iniciar realmente seu projeto.

Alguns amigos podem imaginar: “Nossa, pra quê tanta complicação?”, mas afirmo que com um planejamento desses uma vez formulado, você evita inúmeros transtornos futuros, principalmente quando o site necessita de novos conteúdos, ou de alterações no layout. Um planejamento bem formado é sempre aliado à um profissional de qualidade.


3.) DESENVOLVIMENTO

Após termos planejado nosso projeto, é hora de iniciarmos sua criação. Todo o trabalho de planejamento agora deve ser posto em prática. Por isso mesmo, essa etapa é uma das mais desgastantes e que nos solicita maiores atenções. Um ponto de extrema importância é manter sempre os arquivos em backup para evitar situações delicadas em qualquer eventualidade.

Como foi dito logo acima, devemos manter nosso cliente sempre em acompanhamento ao desenvolvimento do projeto para que ele possa opinar a respeito; isso evita de terminarmos um projeto e termos o mesmo praticamente reiniciado pelo cliente devido à sua desaprovação.
Uma dica é disponibiliar o site em desenvolvimento em um endereço temporário para poder sofrer esse acompanhamento. Fazendo isso, todas as alterações e correções vão sendo efetuadas em conjunto com o processo de criação, o que evita transtornos e facilita o trabalho.

Um fator também de grande importância é o respeito ao tempo a ser cumprido no desenvolvimento. Digamos que o prazo estabelecido tenha sido de 1 mês: você poderá exceder no máximo 1 semana a este período; passado esta exceção, sua imagem começa a ficar manchada.
O ideal é entregar ANTES do prazo.

Nesta etapa, o papel mais importante, sem dúvida é do webdesigner, pois será ele que deverá dar o toque de sofisticação e bom-senso ao site. Não basta um site ter toda a tecnologia da programação com um designer mal elaborado; é necessário a junção de ambos para que o projeto assuma um caráter arrojado e que facilite o contato ao seu conteúdo. Com um bom webdesigner, o trabalho do programador torna-se mais fácil.

Comentários:

Mostrando 1 - 10 de 15 comentários
Acabei de Instalar o Apache, como eu publico uma pagina HTML?, é possivel?
18/11/2006 1:44pm (~16 anos atrás)

é muito bom saber que nós iniciantes temos pessoas que possam nos dar dicas, pois ninguem nasce sabendo.
Pra falar a verdade quando eu fui vender meu primeiro trabalho eu nem sabia o que falar para meu cliente.
Garanto que se tivesse lido as colunas desse site teria saido melhor!
Mais é assim, Obrigado ae por nos dar essa oportunidade vlw cara e parabens!!!
14/08/2005 7:58am (~17 anos atrás)

Seria legal se publicasse como escrver um contrato para a negociação com o cliente
01/05/2005 2:18am (~18 anos atrás)

Alan Tygel disse:
Foi citado no artigo, mas queria salientar:

Eh muito importante que o projeto, seja site, sistema web ou software, seja feito de forma que futuras alteracoes na especificacao sejam faceis de serem implementadas.

Isso porque, todo mundo sabe que na pratica a especificacao SEMPRE vai mudar!!!

Ate!
12/04/2005 7:37pm (~18 anos atrás)

André Sam! disse:
Seguinte:

percebi que a galera ae ficou meio frustrada com a questão dos piercings e tatuagens e talz ...

antes de tudo, quero dizer que eu não sou nenhum careta, lóque do caramba ... sou bem maluco e possuo tatoo.

Mas quando me referi à questão, digo isso com base em experiência e não somente em teorias ...

a primeira impressão é a que fica, e outra, geralmente, quando vamos à uma empresa para uma entrevista, essa empresa não possui somente o nosso contato mas outros tb, para poderem avaliar qual será a melhor proposta.

Realmente o fato de tatoos e piercings, na maioria dos casos, causa uma impressão que por vezes pode ser não muito interessante, porque o povo É PRECONCEITUOSO SIM e escolhe a dedo!!!

Por isso, mantenho a idéia de que se vc possui piercings ou tatoos ou muitos acessórios pelo corpo, que procure torná-los ao menos discretos.

Como disse, o preconceito existe, mas não parte de mim pois que eu também uso tais acessórios em mim mesmo ...
08/03/2005 11:18am (~18 anos atrás)

Ray Soares disse:
Eu aprovo esse artigo, pois ele não é feito para os desenvolvedores profissionais que sabem os pontos falhos do artigo, e sim, para quem está caindo agora nesse mundo e não tem muita noção, isso é o básico, não adianta nada falar agora de UML, RUP, modelagem, etc...

E qto aos brincos e tatuagens, se nao for nada muito punk, nao tem nada a ver, o triste é ver gente de pircing no nariz, tatuagens em tudo qto é parte e uma orelha q parece arvore de natal.

Mas achei bastante intuitivo seu artigo, serve pra muita gente sim..

Abraços
08/03/2005 10:59am (~18 anos atrás)

Desculpa a sinceridade mas o artigo não é condizente com todas as realidades, para ser mais sincero ainda não é condizente nem com a maioria.

1) Não foi comentado absolutamente nada sobre engenharia de software ou metodologias de desenvolvimento. Esta foi a falha mais grave. Tornou sua técnica dos "9 passos" altamente aberta a erros e falhas.

2) Ignorou-se a prototipagem e a validação, atendo-se a uma pré-aprovação de algo que não foi realizado.

3) Recomendo retirar anéis e piercings apenas no ato da apresentação, pois isto tira a atenção do entrevistado. Dizer que brincos e piercings dão má aparência é algo um tanto preconceituoso. Eu tenho brincos e tatuagem visível, e nunca os escondi em visita a cliente (apenas nas apresentações, conforme citei). Em muitos casos isto me deu um certo ar de "modernidade" e "vanguarda", que muitos fornecedores tradicionais de tecnologia (leia-se quem visita cliente de gravata) não conseguem (comentário de um diretor de uma empresa cliente com mais de 900 funcionários num mercado bastante tradicional, o agribussiness). Má aparência é algo muito relativo, pois vestir-se de forma excessivamente formal intimida um entrevistado que esteja se vestindo de maneira informal.

4) O artigo é voltado apenas para a construção de pequenos sites estáticos, e não deve ser empregado como técnica no caso de sistemas baseados em ambiente web. Nem nos pequenos.

5) O artigo é muito voltado à "aparência" de seu trabalho e muito pouco aos resultados. Concentre nos resultados e nos prazos... Supere expectatívas! Desenvolva soluções que nem seus clientes haviam pensado. Estude o negócio de seu cliente e fale o vocabulário dele... não deixe seu cliente analisar o sistema para você. Obtenha dele apenas seus anseios e necessidades. Crie você as soluções. Poxa! Você é quem é o analista não o cliente.

Desculpe se fui sincero demais, mas achei o artigo mais "desinformador" que útil.

Uma boa dica para quem quer aprender algo sobre "Desenvolvimento de Sistemas" é ver o site http://www.rogeriobravim.com.br/bravim.htm
22/02/2005 8:52am (~18 anos atrás)

O artigo eh muito bom. Mas gostaria de alertar que existem processos de desenvolvimento de software (metodologias tais como RUP, PSP, etc) que orientam os gerentes de projeto na concepcao e elaboracao de produtos de software. E ainda mais, o UWE (extensao UML para modelar aplicacoes web) eh uma metodologia completa para projetar sites. Abracos!!!
17/02/2005 9:26am (~18 anos atrás)

Weldys Santos disse:
Eh sempre importante quando se ajuda aqueles que estão ingressando agora no mercado, muito bom o seu artigo e acho que estas iniciativas devem ser tomadas mais vezes, para que aqueles que estão começando possam sempre estar por dentro do planejamento e produção de um sistema web...
13/02/2005 7:05pm (~18 anos atrás)

Este artigo é realmente muito bom, parabéns André!!!
06/02/2005 9:31pm (~18 anos atrás)

Novo Comentário:

(Você pode usar tags como <b>, <i> ou <code>. URLs serão convertidas para links automaticamente.)