0

Gerador de simulados para concursos

criado por Álvaro Paniago Gonçalves em 25/01/2005 2:02pm
Este simples script permite que o estudante de concursos públicos tenham na mão uma ferramenta auxiliar que o ajudará a elaborar, testar seus conhecimentos e conferir os resultados alcançados.
O sistema permite que se cadastre as questões de múltiplas escolhas por categorias (direito, informática, português, matemática, etc...) e atribua uma resposta.
Posteriormente, poderá gerar provas com n questões (a escolha do operador), responder e solicitar a conferência pelo próprio sistema. Será mostrado o gabarito, as respostas e o percentual de aproveitamento.
Sucesso a todos!

NOTA em 29.03.2014: quando da elaboração deste script, muitos servidores trabalhavam com variável GLOBALS = ON. Com isso, a recuperação de variáveis entre páginas não necessitava $_GET, $_POST ou $_REQUEST. Como até hoje recebo informações desse script, resolvi adaptá-lo para funcionar com a variáve GLOBALS = OFF.
Espero que ajude a comunidade.

Data Autor Changelog Download Deletar
29/03/2014 8:57am Álvaro Paniago Gonçalves Versão Gerador 1.1 Versão Gerador 1.1

Comentários:

Mostrando 1 - 6 de 6 comentários
Marcus Santos disse:
Olá Alvaro,

o seu script funciona muito bem só tem um problema: o usuário tem de dar resposta em todas as alternativas e não apenas na correta tem como resolver isso? Outra coisa não tem como editar as questões só no banco de dados.

Obrigado
15/07/2015 6:18am (~1 ano atrás)

Olá, o script é ótimo e justamente o que estou precuisando, porém, mesmo instalando corretamente, ele ñ funciona, veja:

http://www.luxuswebsites.com.br/simulado/index.php

Quando vc clica em "montar prova" nada acontece. O que pode ser?

Obrigado
27/03/2014 2:33pm (~2 anos atrás)

Cézar Ayran disse:
Maurício a tabela do script é esta:

CREATE TABLE questoes (
id int(11) NOT NULL auto_increment,
grupo int(11) default NULL,
pergunta text,
alternativa1 text,
alternativa2 text,
alternativa3 text,
alternativa4 text,
alternativa5 text,
resposta1 char(1) default NULL,
resposta2 char(1) default NULL,
resposta3 char(1) default NULL,
resposta4 char(1) default NULL,
resposta5 char(1) default NULL,
grau int(1) default NULL,
PRIMARY KEY (id),
FULLTEXT KEY pergunta (pergunta)
) TYPE=MyISAM;

#
# Extraindo dados da tabela `questoes`
#

INSERT INTO questoes VALUES (1, 5, 'Na Federação Brasileira, ', 'cada Estado é soberano e autônomo, o que não ocorre com os Municípios. \r\n', 'os Estados se autoconstituem, possuindo poderes legislativo, executivo e judiciário próprios. \r\n ', 'há a participação dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios na formulação da ordem jurídica central. \r\n', 'a forma de Estado só poderá ser alterada mediante plebiscito. \r\n', 'a forma de Estado é, em realidade, unitária. \r\n', 'C', 'E', 'E', 'C', 'C', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (2, 5, 'Antes de assumir o cargo, o prefeito eleito de um município procurou um comerciante da cidade e exigiu-lhe determinada quantia em dinheiro para que, já no início do seu mandato, não decretasse a desapropriação do imóvel onde o comércio estava estabelecido. O comerciante recusou-se a pagar a quantia exigida, procurando, em seguida, o Ministério Público local. Tendo por base a doutrina e a legislação referente ao assunto, julgue os itens a seguir.', 'A conduta do prefeito eleito caracteriza o crime de concussão.', 'O crime não ficou caracterizado, já que, ao efetuar a exigência indevida, o agente ainda não ocupava a função pública. \r\n', 'O prefeito eleito responderá apenas por tentativa de crime, já que a entrega da quantia indevidamente exigida não se consumou. \r\n', 'Se o prefeito eleito tivesse exigido do comerciante o regular recolhimento de impostos em atraso, ameaçando-o com a desapropriação do imóvel em questão, a conduta caracterizaria o crime de prevaricação. \r\n', 'A conduta do prefeito eleito enquadrar-se-ia no mesmo tipo penal, inclusive com os mesmos limites de pena cominada, se, por ordem sua, a exigência indevida tivesse sido transmitida ao comerciante por um dos futuros secretários municipais. \r\n', 'C', 'C', 'E', 'E', 'E', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (3, 5, 'O peculato \r\n', 'pode não estar caracterizado, conforme entendimento dominante, quando o funcionário se apropria de dinheiro público apenas com a finalidade de usá-lo. \r\n', 'pode ser imputado a partícipe que, para a lei penal, não seja funcionário público. \r\n', 'pressupõe a apropriação de um bem, não ficando caracterizado quando a conduta é de subtração. \r\n', 'não estará caracterizado, se o funcionário público demonstrar, simplesmente, que o bem apropriado não era público, mas, sim, particular. \r\n', 'tem como causa de aumento de pena o fato de o agente ser ocupante de cargo em comissão em sociedade de economia mista, cujo patrimônio seja lesado. \r\n', 'C', 'C', 'E', 'E', 'C', 2);
INSERT INTO questoes VALUES (4, 5, 'A Constituição atribui aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios uma parcela da arrecadação tributária da União, assim como, aos Municípios, uma parcela da arrecadação dos Estados. A respeito desse assunto, julgue os itens que se seguem. \r\n', 'Se a União instituir taxa não-prevista na Constituição - não-cumulativa e com base de cálculo e fato gerador diversos dos tributos ali disciplinados -, vinte por cento do produto da arrecadação pertencerão aos Estados e ao Distrito Federal. \r\n', 'Pertence ao Município de Tiradentes - MG - todo o produto da arrecadação do imposto sobre a renda e os proventos de qualquer natureza, retido na fonte, incidente sobre os vencimentos dos servidores da administração direta municipal. \r\n', 'Pertence ao Estado da Bahia todo o produto da arrecadação do imposto sobre a renda e os proventos de qualquer natureza, retido na fonte, incidente sobre os vencimentos dos servidores da administração direta estadual. \r\n', 'A União deverá entregar aos fundos de participação dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios quarenta e sete por cento do total nacional da arrecadação do imposto sobre a renda e os proventos de qualquer natureza. \r\n', 'A Constituição, fundamentada no princípio do federalismo, não admite que a União imponha, como condição à entrega de recursos do fundo de participação a um Estado, que este efetue o pagamento de créditos de uma autarquia federal. \r\n', 'C', 'C', 'E', 'E', 'C', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (5, 5, 'Objetivando garantir o cidadão contra as investidas estatais, a Constituição impôs limites à atuação das entidades públicas em matéria tributária. Com relação ao assunto, julgue os itens abaixo. \r\n', 'As leis de anistia ou remissão, em matéria fiscal, devem ser editadas no nível federal, qualquer que seja o tributo subjacente. \r\n', 'Os empréstimos compulsórios deverão ser instituídos, sempre, por meio de lei complementar. \r\n', 'A instituição de empréstimos compulsórios, no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, deverá submeter-se ao princípio da anterioridade tributária. \r\n', 'Nos termos da Constituição e em conformidade com o princípio da legalidade, qualquer majoração ou instituição de tributos deve vir veiculada em lei. \r\n', 'Existe a possibilidade de que a competência da União para instituir impostos não-discriminados na Constituição seja exercida por meio de lei ordinária. \r\n', 'E', 'E', 'C', 'C', 'C', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (6, 5, 'Tendo por base a doutrina e a legislação referente ao domínio público, julgue os itens a seguir. \r\n', 'O mar territorial compreende uma faixa de duzentas milhas marítimas de largura, medidas a partir da linha de beira-mar dos litorais continental e insular brasileiro. \r\n', 'As águas do mar territorial brasileiro são públicas e de uso comum, inclusive para a passagem inocente. Sobre elas o Brasil exerce sua soberania. \r\n', 'A zona contígua estende-se por doze milhas além dos limites do mar territorial. Ultrapassada essa área - e até que se inicie a zona contígua de outras terras -, nenhuma nação exerce soberania ou qualquer domínio individual. \r\n', 'As jazidas minerais pertencem exclusivamente à União. O produto da lavra, contudo, pertence aos concessionários que as exploram, garantindo-se aos proprietários do solo a participação nos resultados. \r\n', 'A Constituição Federal atribui aos Estados o domínio exclusivo sobre os rios públicos, em detrimento dos demais entes da Federação. \r\n', 'E', 'E', 'C', 'C', 'C', 2);
INSERT INTO questoes VALUES (7, 5, 'Na Federação Brasileira, ', 'cada Estado é soberano e autônomo, o que não ocorre com os Municípios. \r\n', 'os Estados se autoconstituem, possuindo poderes legislativo, executivo e judiciário próprios. \r\n ', 'há a participação dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios na formulação da ordem jurídica central. \r\n', 'a forma de Estado só poderá ser alterada mediante plebiscito. \r\n', 'a forma de Estado é, em realidade, unitária. \r\n', 'C', 'E', 'E', 'C', 'C', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (8, 5, 'Antes de assumir o cargo, o prefeito eleito de um município procurou um comerciante da cidade e exigiu-lhe determinada quantia em dinheiro para que, já no início do seu mandato, não decretasse a desapropriação do imóvel onde o comércio estava estabelecido. O comerciante recusou-se a pagar a quantia exigida, procurando, em seguida, o Ministério Público local. Tendo por base a doutrina e a legislação referente ao assunto, julgue os itens a seguir.', 'A conduta do prefeito eleito caracteriza o crime de concussão.', 'O crime não ficou caracterizado, já que, ao efetuar a exigência indevida, o agente ainda não ocupava a função pública. \r\n', 'O prefeito eleito responderá apenas por tentativa de crime, já que a entrega da quantia indevidamente exigida não se consumou. \r\n', 'Se o prefeito eleito tivesse exigido do comerciante o regular recolhimento de impostos em atraso, ameaçando-o com a desapropriação do imóvel em questão, a conduta caracterizaria o crime de prevaricação. \r\n', 'A conduta do prefeito eleito enquadrar-se-ia no mesmo tipo penal, inclusive com os mesmos limites de pena cominada, se, por ordem sua, a exigência indevida tivesse sido transmitida ao comerciante por um dos futuros secretários municipais. \r\n', 'C', 'C', 'E', 'E', 'E', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (9, 5, 'O peculato \r\n', 'pode não estar caracterizado, conforme entendimento dominante, quando o funcionário se apropria de dinheiro público apenas com a finalidade de usá-lo. \r\n', 'pode ser imputado a partícipe que, para a lei penal, não seja funcionário público. \r\n', 'pressupõe a apropriação de um bem, não ficando caracterizado quando a conduta é de subtração. \r\n', 'não estará caracterizado, se o funcionário público demonstrar, simplesmente, que o bem apropriado não era público, mas, sim, particular. \r\n', 'tem como causa de aumento de pena o fato de o agente ser ocupante de cargo em comissão em sociedade de economia mista, cujo patrimônio seja lesado. \r\n', 'C', 'C', 'E', 'E', 'C', 2);
INSERT INTO questoes VALUES (10, 5, 'A Constituição atribui aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios uma parcela da arrecadação tributária da União, assim como, aos Municípios, uma parcela da arrecadação dos Estados. A respeito desse assunto, julgue os itens que se seguem. \r\n', 'Se a União instituir taxa não-prevista na Constituição - não-cumulativa e com base de cálculo e fato gerador diversos dos tributos ali disciplinados -, vinte por cento do produto da arrecadação pertencerão aos Estados e ao Distrito Federal. \r\n', 'Pertence ao Município de Tiradentes - MG - todo o produto da arrecadação do imposto sobre a renda e os proventos de qualquer natureza, retido na fonte, incidente sobre os vencimentos dos servidores da administração direta municipal. \r\n', 'Pertence ao Estado da Bahia todo o produto da arrecadação do imposto sobre a renda e os proventos de qualquer natureza, retido na fonte, incidente sobre os vencimentos dos servidores da administração direta estadual. \r\n', 'A União deverá entregar aos fundos de participação dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios quarenta e sete por cento do total nacional da arrecadação do imposto sobre a renda e os proventos de qualquer natureza. \r\n', 'A Constituição, fundamentada no princípio do federalismo, não admite que a União imponha, como condição à entrega de recursos do fundo de participação a um Estado, que este efetue o pagamento de créditos de uma autarquia federal. \r\n', 'C', 'C', 'E', 'E', 'C', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (11, 5, 'Objetivando garantir o cidadão contra as investidas estatais, a Constituição impôs limites à atuação das entidades públicas em matéria tributária. Com relação ao assunto, julgue os itens abaixo. \r\n', 'As leis de anistia ou remissão, em matéria fiscal, devem ser editadas no nível federal, qualquer que seja o tributo subjacente. \r\n', 'Os empréstimos compulsórios deverão ser instituídos, sempre, por meio de lei complementar. \r\n', 'A instituição de empréstimos compulsórios, no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, deverá submeter-se ao princípio da anterioridade tributária. \r\n', 'Nos termos da Constituição e em conformidade com o princípio da legalidade, qualquer majoração ou instituição de tributos deve vir veiculada em lei. \r\n', 'Existe a possibilidade de que a competência da União para instituir impostos não-discriminados na Constituição seja exercida por meio de lei ordinária. \r\n', 'E', 'E', 'C', 'C', 'C', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (12, 5, 'Tendo por base a doutrina e a legislação referente ao domínio público, julgue os itens a seguir. \r\n', 'O mar territorial compreende uma faixa de duzentas milhas marítimas de largura, medidas a partir da linha de beira-mar dos litorais continental e insular brasileiro. \r\n', 'As águas do mar territorial brasileiro são públicas e de uso comum, inclusive para a passagem inocente. Sobre elas o Brasil exerce sua soberania. \r\n', 'A zona contígua estende-se por doze milhas além dos limites do mar territorial. Ultrapassada essa área - e até que se inicie a zona contígua de outras terras -, nenhuma nação exerce soberania ou qualquer domínio individual. \r\n', 'As jazidas minerais pertencem exclusivamente à União. O produto da lavra, contudo, pertence aos concessionários que as exploram, garantindo-se aos proprietários do solo a participação nos resultados. \r\n', 'A Constituição Federal atribui aos Estados o domínio exclusivo sobre os rios públicos, em detrimento dos demais entes da Federação. \r\n', 'E', 'E', 'C', 'C', 'C', 2);
INSERT INTO questoes VALUES (13, 4, 'O computador é...', 'Meio doido', 'Possui memória boa', 'Gera texto', 'É muito caro', 'Acerta todas', 'E', 'C', 'S', 'C', 'E', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (14, 4, 'Analise as seguintes afirmações relativas aos conceitos de comércio eletrônico.\r\nI. Não existe diferença entre o comércio eletrônico e o comércio tradicional, quando ambos envolvem a entrega de mercadorias em domicílio.\r\nII. O e-mail é vital para o comércio eletrônico porque torna as comunicações imediatas e baratas. Os compradores e vendedores utilizam o e-mail para negociar acordos.\r\nIII. O comércio eletrônico é o uso da tecnologia da informação, como computadores e tele-comunicações, para automatizar a compra e a venda de bens e serviços. \r\nIV. Uma transação comercial só é caracterizada como comércio eletrônico se não envolver negociação ou contato entre cliente e fornecedor.\r\nIndique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. \r\n', 'I e II\r\n ', 'II e III\r\n', 'III e IV\r\n', 'I e III\r\n', 'I e IV', 'C', 'C', 'E', 'C', 'E', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (15, 4, 'Quando você copia texto entre documentos do Word, a formatação que o Word aplica no texto destino é\r\n', 'Assume a formatação padrão\r\n', 'Depende da formatação existente na seleção que você tiver copiado.\r\n', 'A fonte aplicada ao texto destino é sempre Arial\r\n', 'A fonte aplicada ao texto destino é sempre Times New Roman\r\n', 'A fonte aplicada ao texto destino é sempre Verdana', 'E', 'C', 'E', 'E', 'E', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (17, 1, 'Analise as alternativas e assinale a correta.\r\n', 'A seção já terminou.\r\n', 'A sessão já terminou.', 'A secção já terminou.', 'A ceção já terminou.', 'Nenhuma das anteriores.', 'S', 'S', 'S', 'S', 'S', 1);
INSERT INTO questoes VALUES (18, 6, 'Se o sujeito der um tiro em legítima defesa....', 'Vai preso em flagrante', 'Vai dormir em casa', 'Vai dormir na sogra', 'Vai preso na hora', 'Deve chamar um advogado', 'C', 'E', 'C', 'C', 'C', 2);
# --------------------------------------------------------

#
# Estrutura da tabela `tipos`
#

CREATE TABLE tipos (
codigo int(11) NOT NULL auto_increment,
descricao varchar(40) NOT NULL default '',
PRIMARY KEY (codigo)
) TYPE=MyISAM;

#
# Extraindo dados da tabela `tipos`
#

INSERT INTO tipos VALUES (1, 'Português');
INSERT INTO tipos VALUES (2, 'Direito Constitucional');
INSERT INTO tipos VALUES (4, 'Informática');
INSERT INTO tipos VALUES (5, 'Direito Administrativo');
INSERT INTO tipos VALUES (6, 'Direito Penal');
INSERT INTO tipos VALUES (3, 'Legislação Previdenciária');




http://www.plugmania.com.br
27/11/2008 11:59am (~8 anos atrás)

Excelente script, irei fazer alguns implementos e postarie aqui. Abração!
16/06/2006 9:48pm (~10 anos atrás)

Opa!
rss
Mau eu. Mau eu!
Tá tudo direitinho no arquivo index.php
Ratiei
Ta mt bom
02/10/2005 12:32am (~11 anos atrás)

Pelo que eu vi o script está bem legal!
Só que não consigo instalar pq não sei quais tabelas criar...

O Alvaro axo que vc esqueceu de deixar as tabelas!
Valew
Mauricio
02/10/2005 12:30am (~11 anos atrás)

Novo Comentário:

(Você pode usar tags como <b>, <i> ou <code>. URLs serão convertidas para links automaticamente.)