+1

Conhecendo o PRADO Framework Parte 1

criado por Alexandre Marinho em 13/11/2007 10:20am
3º Passo) Criando a página Home

Por padrão a página inicial da aplicação se chama Home, assim criamos um arquivo chamado Home.page e colocamos dentro de protected/pages.

Os arquivos .page não passam de arquivos HTML com componentes do PRADO. Também é possível criar arquivos .tpl (como nas versões antigas do PRADO).

Dentro de Home.page colocamos o código:

<html>
<head>
<title>Hello World Demo - Prado</title>
</head>
<body>

<com:TForm>

<com:TButton Text="Click me" OnClick="buttonClicked" />

</com:TForm>

</body>
</html>

Agora nos deparamos com os primeiros componentes do PRADO, TForm e TButton. O TForm gera um formulário (só pode existir um TForm por página) e o TButton gera um botão.

Pode-se notar que o nosso TButton está associado a um evento OnClick através da função buttonClicked. Isso representa a função que será executada ao clicar nesse botão, porém essa função ainda não existe. Para criar-la necessitamos de outro arquivo, ele se chamará Home.php, note que ele possui o mesmo nome do arquivo .page . Essa é uma constante no PRADO, assim separamos a apresentação (.page ou .tpl) da programação (.php).

Em Home.php escrevemos:

<?php
class Home extends TPage
{
    public function buttonClicked($sender, $param)
    {
        $sender->Text="Hello World!";
    }
}
?>

Observe que criamos uma classe que estende a classe Base TPage e definimos a função buttonClicked.

4º Passo) Acessando a aplicação

Para acessarmos a aplicação simplesmente vamos até o endereço: http://localhost/hello/ (substitua o localhost pelo endereço do seu servidor).

Se tudo tiver correto ao clicar no botão ele retornará a mensagem ‘Hello World’.

Essa foi a primeira parte do tutorial do PRADO Framework. Na segunda parte irei mostrar como fazer uma aplicação utilizando Banco de Dados e mais componentes do PRADO.

Alexandre Marinho
http://www.alexandremarinho.blogspot.com

Comentários:

Mostrando 1 - 2 de 2 comentários
Diego disse:
Hm..nice parece o Smarty.net :P
05/06/2009 2:56pm (~9 anos atrás)

Alexandre,

O PRADO não é MVC. Como você citou um pouco depois, ele é baseado em Componentes e Eventos. Programadores ASP.NET e Delphi sentirão certa facilidade ao programar com PRADO.


Outra coisa, você pode criar uma aplicação básica com a ferramenta de linha de comando: prado-cli.php

no prompt de comando do Windows:

php framework\prado-cli.php -c minha_aplicacao [ENTER]

Pronto. Será criado um diretório com o nome "minha_aplicacao" c a estrutura básica de uma aplicação PRADO.


Por fim, os arquivos .tpl eram usados na versão 2.x para guardar o template (HTML) de paginas e controles. Na versão 3.x o código de apresentação das páginas vai em arquivos .page.

Arquivos .tpl continuam sendo usados para definir código de apresentação para controles.

Quando você usa o recurso de Master Template para compartilhar um design comum para todas as páginas, você cria um TTemplateControl cujo design deve ser guardado em um arquivo .tpl :)

No mais, o artigo é uma boa iniciativa. O PRADO é um exelente framework, porém não há uma comunidade brasileira mto forte em torno dele.

[]'s
18/05/2009 4:47pm (~9 anos atrás)

Novo Comentário:

(Você pode usar tags como <b>, <i> ou <code>. URLs serão convertidas para links automaticamente.)