+3

Responsabilidade, todos querem poucos tem.

criado por robson yuri em 04/09/2009 7:06am
Imaginem você no meio da sala de operação com o peito aberto aguardando o médico para um transplante de coração e este simplesmente não veio (faltou), ou tudo certo para o dito transplante e o coração não chegou por conta do "garoto de entregas" do hospital não comparecer. Você muito provavelmente não teria uma segunda chance de reclamar do serviço, certo.

Agora vamos para o lado menos trágico (mais também muito importante), imagine você trabalha o mês inteiro, enfrentando condução lotada, mau humor de seu chefe, utilizando tecnologia ultrapassada e fazendo "milagres" com poucos recursos e no fim do mês, ou no dia do pagamento, ele não chega! Pior você descobre que o seu "chefe" esta de férias em Fortaleza no Beach Park! É de revoltar não acham?
Mais agora, vamos inverter os papéis por alguns instantes.

Imagine agora que você com muito esforço, busca de parcerias, gastos enormes para locar um espaço, abrir uma pequena ou média empresa, compra de material, licenças de software, pagamento de taxas, impostos, e uma infinidade de outros tantos compromissos, abre uma seleção para uma determinada vaga ou para um freelance.

Aparecem inúmeras pessoas, cada uma com o curriculum mais "bonito" que outro, todos com Curso disso, daquilo, formação pela Universidade XPTO de sei lá onde, MBA de sei lá o que e você, precisando do profissional e acreditando na honestidade e real comprometimento do candidato a tarefa aberta por você contrata este profissional.

Meu amigo, por experiência, 80% são uma decepcção. Alguns mal sabem utilizar parte das ferramentas que se dizem experts em seus curriculuns.

A responsabilidade e o Time para a entega dos projetos e códigos não são cumpridos. E o dito profissional, quando não consegue executar tal tarefa, ao invez de ser honesto e dizer "Não é para mim, não consigo ou não entendi o problema", ou ainda "Não sei fazer isso", não ele se esconde, foge mesmo. São inúmeros e-mails, torpedos, ligações perdidas, o dito cujo nunca esta, está em reunião e a lista de desculpas só cresce.

O que quero com este artigo é somente mostrar que existem dois lados da moeda e que ninguém é obrigado a prometer nada, mais se prometeu deve cumprir.

Da mesma forma que o colaborador (empregado ou freelance) cria uma expectativa em relação ao trabalho e o emprega ou empregador este (o empregador) cria prespectivas ainda maiores em relação a quem contrata.

Como empregagor digo que muitas vezes o brilho nos olhos é mais em nós do que no próprio empregado, que temos e colocamos tanta esperança ao contratar um freelance ou funcionário que ficamos cegos a tanta inresponsabilidade e falta de comprometimento.

Este talvez seja um dos motivos de tanta exigência por parte dos empregadores, de salários baixos e de horários sem flexibilidade ao profissionais da área.

Um ditado diz: "você é o que é, e esta onde está única e exclusivamente pelo que fez ou deixou de fazer". E digo, grande parte dos profissinais deixa de fazer..

O desabafo de um empregador que muito se decepciona com profissionais da área.

Comentários:

Mostrando 1 - 5 de 5 comentários
Infelizmente esse quadro de irresponsabilidade (e aqui me atrevo a ir um pouco alem do ambito profissional) so tende a crescer.

Com pais que cada dia mais protegem seu filho, mas que do dia para noite dizem : agora filhao, voce tem 18, se vira sozinho (sem imbuir o cidadao de cultura, respeito e comprometimento).

Vem ca, esses profissionais que voce achou iam bem nas provas ou colavam dos amigos ? A verdade eh uma so...culturamente eh mais hoje em dia pegar pronto do que fazer. Fazer te da gana para sempre aprender mais, ser sincero, admitir que nao sabe e correr atras (e obviamente ser responsavel e comprometido, pessoal e profissionalmente).

Ja passei por situacoes assim, mas nao como empregador, mas como colega de trabalho, e estou (assim como muitos) calejado com isso...o tempo dira onde esses caras vao parar.
23/09/2009 11:08pm (~7 anos atrás)

André Taiar disse:
Uma das coisas que mais tenho discutido em rodas de profissionais é sobre responsabilidade técnica.

Realmente, é algo raro de se encontrar.

Em primeiro lugar, acho que isso é muito questão do empregador. Ele sempre deve ter em mente:
1 - O que procura;
e sempre deve saber
2 - Aonde procura.

Isso com certeza diminuiria muitas frustrações com profissionais mal qualificados...
11/09/2009 1:59pm (~7 anos atrás)

Renato Suero disse:
concordo plenamente o negócio é por ai

eu não coloco oq não sei no curriculum não quero cobrança de algo que me compremeti dizendo saber mas tbm não me prometa nada rs

tem até uma história meu chefe pediu umas coisas e se eu fizesse no tempo record que ele definiu ainda rs ele ia aumentar meu salário(claro ia vir umas moedas a mais não era muita coisa) fiz cara virava a noite fazendo e na hora kd o aumento ,passou uma semana nada pedi a conta haahhaahahahahaha

t+ bom fds pra todos
04/09/2009 5:46pm (~7 anos atrás)

Newton Wagner disse:
Olá Robson,
Vemos muitos empregadores nesta situação e, o que podemos recomendar é que reavalie a sua forma de contratação.

Infelizmente na nossa área, cursos não querem dizer muita coisa. O que vale é prática. Não se atente à área de "Conhecimentos" do currículo e sim em "Experiência Profissional". Selecione os profissionais que realizam, não os que dizem ser.

Na última seleção que fiz, todos os currículos traziam "Desenvolvedor PHP Avançado", mas o termo "Avançado" é relativo, então nada melhor que um teste ou uma elaborada sessão de perguntas pra resolver esse problema e fazer todo mundo dizer a mesma língua.

Outra coisa que pouquíssima gente faz é solicitar referências de empregos anteriores.

Espero ter ajudado.
04/09/2009 4:07pm (~7 anos atrás)

Maxsuel disse:
Concordo Plenamente com você Robson !!!
04/09/2009 4:05pm (~7 anos atrás)

Novo Comentário:

(Você pode usar tags como <b>, <i> ou <code>. URLs serão convertidas para links automaticamente.)