+19

Desmistificando o PDO - PHP Data Object

criado por Rubens Takiguti Ribeiro em 16/12/2009 12:38am
Por que usar PDO?

Antes da chegada de PDO, a linguagem PHP oferecia suporte à comunicação com diferentes modelos de SGBD através de módulos específicos. A maioria deles provia uma biblioteca de funções e utilizava um resource para representar a conexão e outro para representar um resultset (o resultado de uma consulta). As operações eram feitas sobre as variáveis de resource.

Cada driver implementava suas operações conforme imaginavam ser mais adequados. Embora alguns deles tivessem um funcionamento semelhante, a ordem dos parâmetros nem sempre era a mesma e podia causar uma certa confusão entre programadores.

Quem já trabalhou com a biblioteca de funções de MySQL ou PostgreSQL, deve conhecer este funcionamento:

// MySQL
$c = mysql_connect('host', 'usuario', 'senha');
mysql_select_db('bd', $c);
mysql_set_charset('UTF8', $c);

$resultado = mysql_query('SELECT nome FROM usuarios', $c);
while ($obj = mysql_fetch_object($resultado)) {
    echo $obj->nome;
}
mysql_free_result($resultado);
mysql_close($c);

// PostgreSQL
$c = pg_connect('host=host port=5432 dbname=bd user=usuario password=senha');
pg_set_client_encoding($c, 'UNICODE');

$resultado = pg_query($c, 'SELECT nome FROM usuarios');
while ($obj = pg_fetch_object($resultado)) {
    echo $obj->nome;
}
pg_free_result($resultado);
pg_close($c);

Note que a forma de conexão é feita através de estratégias diferentes: MySQL passava os dados de conexão através de parâmetros, já o PostgreSQL utilizava uma string de conexão (com vários dados), que é uma alternativa mais extensível. Observe, ainda, que MySQL costuma receber o resource de conexão como último parâmetro de suas funções, enquanto o PostgreSQL costuma receber o resource como primeiro parâmetro.

PDO juntou o que havia de melhor em cada driver e gerou uma especificação. Embora a especificação não trabalhe com resource explicitamente, ela define duas classes com significados semelhantes: PDO (que representa uma conexão) e PDOStatement (que representa uma consulta/resultado). Além destas, existe a classe PDOException, que é disparada por alguns métodos para que seja realizado o tratamento de exceções.

Utilizar PDO tende a ser mais simples do que utilizar biblioteca de funções, mas continua exigindo conhecimento da sintaxe SQL específica do modelo de SGBD envolvido. Embora muitos programadores ainda utilizam as funções de conexão, existe a promessa de que PDO será o padrão de conexão em PHP 6, enquanto as bibliotecas de funções passarão a ser extensões PECL, precisando ser instaladas a parte.

Comentários:

Mostrando 1 - 10 de 22 comentários
empalamado disse:
//Códigos em PDO pra conectar com o banco sem erro
//No espaço com ... você deve colocar o nome do seu banco de dados
//----------------------------------------------------------------------
try{
$pdo=new PDO("mysql:host=localhost;dbname=....","root"."");
} catch(PDOException $e){
echo $e->getMessage();
}

//----------------------------------------------------------------------
02/11/2015 6:45am (~2 anos atrás)

Diego,
Uma opção é abrir uma conexão separada para cada banco.
Outra opção é usar o comando "USE" (do MySQL):
$pdo->query('use nomebanco');
01/07/2013 7:18am (~5 anos atrás)

Diego disse:
Olá amigos
estou começando a usar o PDO, estou tentando
selecionar outro banco de dados depois da conexão estabelecida
com mysql simples se usa "mysql_select_db()" mas no pdo não sei como fazer isso
se alguém puder me ajudar agradeço
29/06/2013 7:23pm (~5 anos atrás)

Ola pessoal, estou estudando o PDO e definitivamente não sei como pude sobreviver sem ele... hehe.. Porém visão explorar os recursos de orientação a objetos criei um método usando que me retorna o resultado de uma busca que posso reaproveitar na minha aplicação (return self::conn()->query($querySelect);). Até ai blza, consigo varrer o retorno com um forearch e fica tudo certo. Mas pretendo utilizar esse array para preencher uma combo, e caso não haja resultado alterar o valor da mesma informando a aunsência de dados... Alguma sugestão ??
08/10/2012 6:16pm (~6 anos atrás)

Wesley, o método "bind" serve para ligar uma variável a uma query. Com isso, qualquer mudança na variável implica na mudança da query. Não tem problema em definir o valor antes ou depois. A única coisa que você precisa estar atento é em chamar o método "execute" após já ter feito o bind e colocado o valor desejado.
31/07/2012 9:00am (~6 anos atrás)

Wesley Bastos disse:
Rubens,
parabéns,

Tenho uma dúvida. Na documentação oficial do PHP, o exemplo faz o bind dos parâmetros antes de atribuir as variáveis (copiado abaixo). Você fez antes. Tem diferença?

-----------------------------------------------------
(http://www.php.net/manual/en/pdo.prepared-statements.php):

<?php
$stmt = $dbh->prepare("INSERT INTO REGISTRY (name, value) VALUES (:name, :value)");
$stmt->bindParam(':name', $name);
$stmt->bindParam(':value', $value);

// insert one row
$name = 'one';
$value = 1;
$stmt->execute();
-------------------------------------------------------------
30/07/2012 10:30pm (~6 anos atrás)

bradock disse:
ola a todos! alguem poderia me explicar se o uso de metodo como fiz no CUD esta errado no sentido de ser perigoso, e se utilizar assim inutiliza o metodo privado uma vez q a sql esta sendo feita toda em um array e no outro executando?

se nao for pedir demais aponte o certo e errado, corro riscos assim?

e utilizar return em um metodo e errado? {return self::metodo();}

final class Tools
{

private static $query;

final private static function sql($sql,$execute)
{self::$query=BD::conn()->prepare($sql);self::$query->execute($execute);}

final public function CUD($sql,$execute)
{self::sql($sql,$execute);return self::$query;}
}

grato desde já
30/04/2012 4:22pm (~6 anos atrás)

Muito bom o Post, me ajudou muito.
Para exibir os resultados do while basta

$stmt = $pdo->query('SELECT nome, login FROM usuarios');

// Percorrento um resultset com while
while ($obj = $stmt->fetchObject()) {
$obj->nome; //campo que deseja exibir
}

Abraço!
23/11/2011 11:30am (~6 anos atrás)

Olá, venho aqui recomendar, para quem se interessar o uso de uma classe PDO de conexão, a qual já venho utilizando. Possui um repositório no github para poder baixar e utilizar em suas aplicações, ou simplesmente acompanhar e/ou compartilhar.

Segue link: http://bitly.com/PDO4You

Sugestões ou críticas, sempre são bem vindas e ajudam a tornar esta classe ainda melhor para benefício de todos e assim seja até quando o PHP existir. =D

Abraços.
30/07/2011 10:15pm (~7 anos atrás)

Jairo disse:
Rubens, obrigado pela resposta. Pensei que dava pra fazer algo como isto, ou seja, selecionar quais colunas retornar da consulta, mas pelo jeito devo fazer isso de outra forma.

quando tento iterar o objeto PDOStatement aparece algo como:

array
'?' => string 'telefone' (length=8)
0 => string 'nome' (length=4)
1 => string 'endereco' (length=8)
2 => string 'telefone' (length=8)

26/03/2011 12:58pm (~7 anos atrás)

Novo Comentário:

(Você pode usar tags como <b>, <i> ou <code>. URLs serão convertidas para links automaticamente.)